Barbieri 5 min de leitura

Principais características das barreiras de água e vento

Quando pensamos em proteger os edifícios das intempéries, a solução deve ser uma barreira contra o vento e a água altamente fiável, permitindo a difusão do vapor e o controlo da umidade interior.

 

Atualmente, pensar em um sistema de soluções construtivas que proteja os edifícios dos fatores ambientais é fundamental, principalmente considerando os efeitos das mudanças climáticas e o aumento da intensidade das chuvas e ventos. Isto implica não só pensar na correta escolha e execução dos revestimentos exteriores, mas também na implementação de barreiras que assegurem edifícios mais eficientes energeticamente e aumentem, ao mesmo tempo, as suas condições de habitabilidade e conforto.

A seguir compartilhamos as principais características que devemos considerar na hora de escolher um sistema de barreira de água e vento.

 

  • Resistência contra o vento e água

Proporciona uma excelente proteção contra a entrada de água e vento na habitação, gerando uma barreira secundária que permite proteger as paredes contra qualquer patologia no revestimento exterior. Isso não só preserva a integridade estrutural da divisória, mas também evita que o isolamento térmico perca sua eficácia devido à ação da umidade. Desta forma, as condições de conforto são otimizadas, restringindo a entrada de ar do exterior e reduzindo o consumo de energia.

 

  • Permeabilidade ao vapor

Permite a passagem do vapor do interior da divisória para o exterior. Esta é uma característica fundamental nas barreiras de água e vento que conferem à parede a capacidade de “respirar”, evitar a condensação intersticial dentro da parede e evacuar a possível formação de umidade no seu interior. O equilíbrio ideal de respirabilidade e resistência ao vento das barreiras aumenta a eficiência energética e elimina a possível formação de fungos e mofo no interior da parede.

 

  • Resistência UV

É essencial em obras de grande porte ou que ficam expostas à intempérie por longos períodos durante sua construção. Sem a resistência UV adequada, as barreiras perdem suas qualidades quando expostas ao sol, ou seja, racham e perdem sua resistência à tração devido a esses fatores externos.
Também é um fator importante nas ocasiões em que as membranas são expostas aos elementos, seja no local ou durante o transporte. 

 

  • Resistência à tração

Durante a instalação e manuseio é fundamental a resistência mecânica às tensões exercidas. A resistência ao rasgo ajuda a preservar sua integridade sem quebrar durante a instalação e diante da ação do vento.

 

Mais informações

Para saber mais sobre o sistema visite o site, o blog ou entre em contato conosco. O diálogo constante com os nossos clientes e usuários nos permite obter informação valiosa sobre o que cada um precisa para continuar crescendo.

 

Acesse aqui e conheça os produtos da Barbieri do Brasil