Como economizar na minha obra sem gerar transtornos

BRB-Obras-2017-DIC-2576

 

Conheça os componentes essenciais para fazer um bom trabalho em Steel Frame e como economizar dinheiro sem criar problemas adicionais.

A ideia de remover ou substituir elementos estruturais fundamentais para reduzir custos de obra costuma ser muito comum em todos os sistemas construtivos. No entanto, é importante entender como isso pode impactar no futuro.

Os requisitos de segurança estrutural e habitabilidade de qualquer construção civil devem ser cumpridos sempre.

 

Componentes fundamentais do steel frame

  • O projeto deve ter cálculo estrutural.
  • Um cálculo de fundação deve ser executado.
  • Isolamento térmico: cálculo do valor K e coeficientes de condutividade térmica. Os valores devem obedecer aos requisitos mínimos estabelecidos por regulamentos estatais e/ou municipais.
  • Isolamento da barreira de vapor: cálculo com a determinação do risco de condensação superficial e intersticial.
  • Isolamento acústico: valores de redução acústica (Rw) dos mezaninos e divisórias das unidades funcionais.
  • Os perfis estruturais e não estruturais de aço galvanizado a serem utilizados devem ser normatizados.
  • As perfurações adicionais (punções) devem estar em conformidade com as normas.
  • Os materiais que serão utilizados para acabamento interno e externo devem ser normatizados.
  • Os multilaminados fenólicos ou placas OSB utilizados para o enrijecimento do trabalho devem ser normatizados.
  • A barreira de água e vento a ser usada deve ser normatizada.

 

Como economizar uma obra sem prejudicar o desempenho estrutural

Para economizar em nossas obras, é importante manter as práticas de trabalho organizadas. Mencionamos quais são as principais para nós: 

  • Conhecer a fundo cada uma das fases de uma obra em Steel Frame , para poder planejar com antecedência e sem contratempos.
  • Ao projetar, lembre-se de que o projeto pode influenciar o custo final da obra. Podemos reduzir o custo se projetarmos considerando aspectos estruturais, como projetar menos vãos entre os apoios, evitar grandes balanços, evitar grandes alturas de painéis, etc. Com o Steel Frame esses problemas podem ser resolvidos estruturalmente, mas muitas vezes pequenas mudanças no projeto podem reduzir significativamente os custos.
  • Realizar a engenharia detalhada da obra, para evitar sobredimensionamento de estruturas e menor desperdício de materiais.
  • Realizar um balanço térmico para determinar a eficiência energética do projeto. Desta forma, será utilizado um isolamento térmico consistente, evitando gastos excessivos de energia no futuro para aquecimento ou resfriamento da obra.
  • Considerar o uso de energia renovável.
  • Fazer alianças comerciais com distribuidores de materiais de quem você compra com frequência.
  • Na hora de definir os acabamentos e artefatos, compare os diferentes tipos em termos de preço, qualidade, transporte e oferta no mercado. Na iluminação, opte sempre por luminárias LED.
  • Estocar materiais em um espaço seguro.
  • Treinar o pessoal que vai trabalhar no local, para que não haja paradas por dúvidas de como realizar as tarefas e não tenha que refazer coisas que estão mal feitas.
  • Realizar um gráfico de Gantt para estipular os horários de cada sindicato na obra, o horário de entrada dos materiais e as datas em que será necessário ter o dinheiro preciso para o desenvolvimento das diferentes etapas.
  • Planejar como se desenvolverá a obra: os painéis serão montados em oficina ou no local? Os perfis serão feitos sob medida ou a lista de cortes será executada no local? Que materiais desperdiçados terei? Todo planejamento prévio resultará em economia no tempo de inatividade no local, portanto, em um benefício econômico.

 

Mais informações

Para saber mais sobre o sistema visite o site, o blog ou entre em contato conosco. O diálogo constante com os nossos clientes e usuários nos permite obter informação valiosa sobre o que cada um precisa para continuar crescendo.

 

Acesse aqui e conheça os produtos da Barbieri do Brasil